NIETZSCHE E O TRANSHUMANISMO: EM TORNO DA QUESTÃO DA AUTOSSUPERAÇÃO DO HOMEM

Jelson Roberto de Oliveira

Resumo


O presente artigo pretende analisar a relação entre o pensamento de Nietzsche e o movimento transhumanista, cuja força teórica se alargou durante as primeiras décadas do novo milênio, amparada na crescente história de êxitos da biotecnologia. Pretende-se apresentar uma posição crítica à apropriação que o transhumanismo vem fazendo do pensamento do autor de Assim falou Zaratustra. O foco da análise é o programa de autossuperação do homem, que será analisado a parti de três eixos centrais: a ideia de natureza e de liberdade; o problema dos valores; e a questão do aperfeiçoamento promovido pela bio-engenharia e suas consequências para o destino do homem. Presume-se assim, não dar conta da amplitude e complexidade da temática, mas oferecer pistas para enfrentar a questão sob o viés da relação de continuidade entre o niilismo e a técnica contemporânea, nesse caso, do ponto de vista antropológico.

Texto completo:

PDF

Referências


BABICH, Babett. Nietzsche's Post-Human Imperative: On the "All-too-Human" Dream of Transhumanism. The Agonist, a Nietzsche Circle Journal. v. IV, n. II, 2011. Disponível em: Acesso em 10.01.16.

BABICH, Babette. Friedrich Nietzsche and the Posthuman/Transhuman in Film and Television. In: HAUSKELLER, Michael; PHILBECK, Thomas D.; CARBONELL, Curtis D. (ed.) The palgrave handbook of posthumanism in film and television. London: Palgrave Macmilan, 2015, p. 45-53.

BOSTROM, Nick. A History of Transhumanist Thought. In: Journal of Evolution and Technology, v. 14, n. 1, 2005. Disponível em: http://jetpress.org/v20/sorgner.htm Acesso em: 19.02.16.

HARRIS, John. Enhancing evolution. The ethical case for making better people. Princeton and Oxford: Princeton University Press, 2007.

HAUSKELLER, Michael. Better humans? Understanding the enhancement project. Durham: Acumen, 2013.

HAUSKELLER, Michael. Mythologies of Transhumanism. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2016.

HAUSKELLER, Michael. Nietzsche, the Overhuman and the Posthuman: A Reply to Stefan Sorgner. Journal of Evolution and Technology, v. 21, n. 1, January 2010, p. 5-8. Disponível em: . Acesso em: 18.02.16.

HAUSKELLER, Michael. Sex and the posthuman condition. London: Palgrave Macmillan, 2014.

JONAS, Hans. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica. Trad. Marijane Lisboa, Luiz Barros Montez. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUCRio, 2006.

LOEB, Paul S. Nietzsche's Transhumanism. The Agonist, a Nietzsche Circle Journal. v. IV, n. II, 2011. Disponível em: Acesso em 10.01.16.

MORE, Max. The Overhuman in the Transhuman. In: Journal of Evolution and Technology v. 21, n. 1, January 2010, p. 1-4. Disponível em: http://jetpress.org/v20/sorgner.htm Acesso em: 10.02.16.

NIETZSCHE, F. Sämtliche Werke (KSA). Hg. von G. Colli und M. Montinari. Berlin; New York; München: Walter de Gruyter, 1988.

NIETZSCHE, Friedrich. A Gaia Ciência. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2002.

NIETZSCHE, Friedrich. Assim falou Zaratustra. Um livro para todos e para ninguém. Trad. de Mário da Silva. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

NIETZSCHE, Friedrich. Crepúsculo dos ídolos (ou como filosofar com o martelo). 2 ed. Trad. de Marco Antônio casanova. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2000a. (Conexões, 8).

NIETZSCHE, Friedrich. Genealogia da Moral. Uma polêmica. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 1998.

NIETZSCHE, Friedrich. Humano, Demasiado Humano II. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2008.

NIETZSCHE, Friedrich. Humano, Demasiado Humano. Um livro para espíritos livres. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2000.

ONATE, Alberto Marcos. Entre eu e si ou a questão do humano na filosofia de Nietzsche. Rio de Janeiro: 7Letras, 2003.

PEARSON, Keith Ansell. The Future is Superhuman: Nietzsche’s Gift. The Agonist, a Nietzsche Circle Journal. v. IV, n. II, 2011. Disponível em: Acesso em 30.01.16.

SORGNER, Stefan Lorenz. Nietzsche, the Overhuman, and Transhumanism. Journal of Evolution and Technology, v. 20, n. 1, March 2009, p. 29-42. Disponível em: http://jetpress.org/v20/sorgner.htm Acesso em: 18.02.16.

SORGNER, Stephan. Zarathustra 2.0 and Beyond: Further Remarks on the Complex Relationship between Nietzsche and Transhumanism. The Agonist, a Nietzsche Circle Journal, v. IV, n. II, 2011. Disponível em: Acesso em 10.01.16.

STOCK, Gregory. Redesigning Humans: choosing our children’s genes. London: Profile, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.