Composições Enfermas – Doença, Crítica e Música em Thomas Mann

Diego Rogério Ramos

Resumo


Nas obras de Thomas Mann, a doença não se coloca como um elemento simples do entrecho, mas sim como uma parte central da evolução da trama, especialmente no desenvolvimento dos personagens. No entanto, em suas obras, as figurações da saúde e da doença não são fixas, e, portanto, faz-se necessário buscar um núcleo de sentido a essas noções. Argumentamos que a contraposição fundamental entre os termos é a expressão de uma tensão entre o desenrolar da vida com suas expectativas normais e uma força disruptiva que abala essa estrutura. Trata-se de desenvolver os termos dessa contraposição, apresentando algumas imagens de seus romances, a partir do que poderemos expor a dimensão crítica da doença enquanto noção filosófica. A seguir, apresentaremos alguns momentos do romance Doutor Fausto, de Mann, tendo por objetivo explorar a estrutura crítica dessa noção e a forma como opera. Finalmente, tomaremos a música, um dos temas centrais do romance de Mann, como modelo para a análise dessa crítica possível. A partir disso, poderemos apresentar os o limite dessa concepção de doença como dispositivo crítico, especialmente dentro do debate artístico do século XX.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. (2008). Minima Moralia - Reflexões a partir da vida lesada. (G. Cohn, Trad.) Rio de Janeiro: Beco do Azougue.

BENJAMIN, W. (2009). Passagens. (O. M. Willi Bolle, Ed., & C. M. Irene Aron, Trad.) Belo Horizonte, São Paulo: Editora UFMG, Imprensa Oficial.

DUARTE, R., & SAFATLE, V. (. (2007). Ensaios sobre Música. São Paulo: Humanitas.

KANT, I. (2005). Textos Seletos. (R. Vier, & F. Fernandes, Trads.) Petrópolis, RJ: Vozes.

MANN, T. (1980). A Montanha Mágica. (H. Caro, Trad.) Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

MANN, T. (1987). Reflections of a Nonpolitical Man. (W. Morris, Trad.) New York: Ungar.

MANN, T. (2000). Doutor Fausto: a vida do compositor Adrian Leverkühn narrada por um amigo. (H. Caro, Trad.) Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

MANN, T. (2000b). Schopenhauer, Nietzsche, Freud. (A. S. Pascual, Trad.) Madrid: Alianza.

MANN, T. (2001). A Enganada. Em T. Mann, Duas Novelas (L. Luft, Trad., pp. 91-174). São Paulo: Mandarim.

MANN, T. (2001). A Gênese do Doutor Fausto - Romance de um Romance. (R. Henrique, Trad.) São Paulo: Mandarim.

NIETZSCHE, F. (1978). Obras Incompletas - Coleção Os Pensadores. (R. R. Torres Filhos, Trad.) São Paulo: Abril Cultura.

NIETZSCHE, F. (2001). A Gaia Ciência. (P. C. Souza, Trad.) São Paulo: Companhia das Letras.

NIETZSCHE, F. (2007). O Nascimento da Tragédia. (J. Guinsburg, Trad.) São Paulo: Companhia das Letras.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.