Algumas dimensões da “diferença”: o itinerário de Gilles Deleuze no artigo A concepção da diferença em Bergson

Flávio Luiz Freitas

Resumo


Resumo: O objetivo do presente trabalho consiste em explicitar o itinerário ou linha argumentativa de Gilles Deleuze no artigo intitulado A concepção da diferença em Bergson de 1954. Postula-se que nesse trabalho de 1954, Deleuze exponha a noção de “diferença”, que está presente na obra de Henri Bergson, por meio da relação entre três dimensões: metodológica, cosmológica e ontológica. Para tanto, caracteriza-se o conjunto do pensamento de Deleuze em relação à História da Filosofia. Em seguida, identifica-se o percurso das pesquisas de Deleuze sobre a obra de Bergson no contexto de sua versão para a História da Filosofia. Por fim, explicita-se o itinerário de Deleuze no artigo de 1954: A concepção da diferença em Bergson.

Palavras-chave: Deleuze; Bergson; História da Filosofia; Diferença. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.